mais uma de amor

Comportamento

Mais uma de amor – ou considerações a respeito do amor e da igualdade

esqueleto
De Margot Jung:
Nos últimos dias, todas as mídias estão sendo bombardeadas com ataques às religiões e aos homossexuais. Não quero fazer desta crônica mais um motivo para que cristãos de diferentes denominações, ateus e demais religiões se engalfinharem numa luta “santa”, mas argumentar com relação a algumas coisas. Muitos evangélicos, por exemplo, estão se sentindo atacados e perseguidos quando vamos às ruas ou publicamos algo protestando contra a presença do Marco Feliciano à frente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias. Já falei em outra crônica e repito aqui: nossa luta não é contra ele por ele ser pastor. Ele poderia ser padre, engenheiro, arquiteto, gari, médico, empregado doméstico… ele poderia ter qualquer profissão, que nosso protesto seria o mesmo. Leia mais.