mandados

Geral

Polícia Federal deflagra operação Epagoge e cumpre 22 mandados em três estados

Na manhã de hoje a Polícia Federal, em cooperação com o Ministério Público Federal e Controladoria Geral da União, desencadeou a Operação Epagoge, para desarticular organização criminosa suspeita de fraudar licitações.

Cerca de 75 policiais federais e 6 auditores da CGU cumprem 22 mandados de busca e apreensão nas cidades de Curitiba, Piraquara, Guaratuba, Balneário Camboriú (SC) e São Paulo (SP.)

A investigação teve início em 2015 a partir da suspeita de que empresas de um mesmo grupo estariam atuando mediante ajuste, prejudicando a concorrência em licitações promovidas pelo poder público, principalmente para a compra de eletrônicos.

No inquérito policial identificou-se que algumas das pessoas jurídicas funcionavam no mesmo endereço e pertenciam aos mesmos proprietários, a indicar que empresas fictícias atuavam candidatando-se simultaneamente no mesmo certame, a fim de viabilizar que uma delas se sagrasse vencedora, com possibilidade de manipular os preços.

Segundo dados da CGU, entre 2010 e 2019, as empresas participantes do grupo firmaram contratos com o poder público em valores que ultrapassaram R$ 60 milhões.

O nome da operação (Epagoge) significa em grego indução., induzir o pensamento de alguém. Não haverá coletiva de imprensa.

Geral

Gaeco baixa em Floresta

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado baixou hoje em Floresta, na micro-região de Maringá. Teriam sido cumpridos dois mandados de busca e apreensão, na Secretaria de Administração, comandada por Waldemir Durante Junior, e no gabinete do prefeito Ademir Luiz Maciel, o Dê (PSD).Continue lendo ›

Geral

Operação Oikos

A Polícia Civil de Maringá realizou na manhã de hoje a Operação Oikos. Foram cumpridos 20 mandados de prisão temporária por cinco dias e 18 busca e a apreensão. Todos são acusados de furto qualificado em residência, em veículo e em comércio, além de 8 por estelionato.
Segundo a PC, foram meses de investigação. Continue lendo ›

Geral

Mandados foram cumpridos nas casas de ex-CCs da Semat

Gaeco-Sepat

A ação do Gaeco (Operação Arquivo) realizada desde o início desta manhã na Secretaria de Patrimônio, Compras e Logística de Maringá cumpre seis mandados de busca e apreensão.
Alguns dos mandados foram cumpridos na residência de ex-cargos comissionados da Prefeitura de Maringá que trabalhavam na antiga Secretaria de Recursos Materiais, Abastecimento e Logística (Semat).
Continue lendo ›

Geral

Carne fraca

Mandados da Operação Carne Fraca foram cumpridos ontem em Curitiba, Londrina, Maringá e Foz do Iguaçu.
É de Maringá um dos apontados como chefe do esquema de corrupção, Daniel Gonçalves Filho, que há anos trabalha em Curitiba. Uma residência na avenida Tuiuti teria sido alvo de cumprimento de mandado de busca e apreensão.
Continue lendo ›

Geral

Operação Repescagem

A Polícia Federal deflagrou hoje a 29ª nova fase da Operação Lava Jato, intitulada Operação Repescagem.
Estão sendo cumpridos 6 mandados de busca e apreensão, 1 mandado de prisão preventiva e 2 mandados de prisão temporária nas cidades de Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ) e Recife (PE). Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba, em procedimento que investiga os crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção passiva a ativa envolvendo verbas desviadas do esquema criminoso revelado no âmbito da Petrobras.Continue lendo ›

Geral

Jacovós na Operação Cangaço

O delegado-chefe da 17ª Subdivisão Policial (com sede em Apucarana), José Aparecido Jacovós, no vídeo acima, dá início à Operação Cangaço, em Ortigueira, na última quinta-feira.
Pré-candidato a prefeito de Sarandi pelo PDT, ele foi escolhido pela cúpula da segurança pública estadual para participar da ação contra os marginais.Continue lendo ›

Geral

Gaeco cumpre mandados

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpre hoje, em Curitiba, três mandados de prisão e dois mandados de busca e apreensão em residências.
A ação complementa a Operação Quadro Negro, deflagrada em agosto deste ano pela Polícia Civil, em investigação realizada pelo Nurce (Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos), que apura crimes de corrupção e desvio de recursos da Secretaria de Educação do Paraná em obras de construção civil de escolas.Continue lendo ›

Geral

Gaeco cumpre 148 mandados

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Londrina deflagrou hoje a quarta etapa da Operação Publicano, que investiga uma organização criminosa envolvida em crimes de corrupção e concussão atribuídos a auditores fiscais da Receita Estadual, com envolvimento de contadores e empresários.
A nova etapa está especificamente dirigida à apuração de fatos ocorridos entre 2008 e 2014 não apurados nas fases antecedentes.Continue lendo ›

Brasil

De cair o queixo

A continuidade da Operação Lava Jato, a se considerar os nomes dos que estão nos mandatos, justifica a cólica em algumas pessoas. Confira parte da lista:
Mandados de prisão preventiva – Eduardo Hermelino Leite (vice-presidente da Camargo Correa); José Ricardo Nogueira Breghirolli (funcionário da OAS, em São Paulo-SP); Agenor Franklin Magalhães Medeiros (diretor-presidente da Área Internacional da OAS); Sérgio Cunha Mendes (diretor-vice-presidente-executivo da Mendes Junior); Gerson de Mello Almada (vice-presidente da Engevix); Erton Medeiros Fonseca (diretor presidente de Engenharia Industrial da Galvão Engenharia)Continue lendo ›

Geral

Assaltantes identificados

Assalto BB
A Polícia Civil de Maringá identificou todos os assaltantes da agência do Banco do Brasil no Maringá Velho, de onde foram levadas duas sacolas com dinheiro no último dia 17. Três dos quatro envolvidos já estão com mandado de prisão expedido pela justiça. Foto Câmera no Rec.

Geral

Em Apucarana, operação prende 21

Prisão de 21 em Apucarana
Vinte e cinco policiais de Apucarana e região participaram de operação, comandada pelo delegado chefe José Aparecido Jacovós, contando ainda com as participações da delegada adjunta Iane Cardoso do Nascimento e Gustavo Dante da Silva (da comarca de Ivaiporã). Conforme informações da chefia da 17ª SDP, foi parte de grande operação realizada no território nacional, com objetivo de cumprimento de mandados de prisão e aberto. Em Apucarana foram presos homicidas, traficantes, latrocidas e outros crimes de menor repercussão. Foram cumpridos quatro mandados de prisão temporária – por 30 dias – de suspeitos de terem sido autores do crime vitimou o técnico de futebol João Fagundes, de 75 anos, mais conhecido em Apucarana como João do Palmeirinhas.Continue lendo ›