para refrescar a memória

Akino

Para refrescar a memória

Vejam esta postagem de 15 de dezembro 2013, intitulada “Gostaria de estar enganado”.
Os últimos acontecimentos parecem confirmar as suspeitas do acordo que este modesto colaborador denunciou em meados de 2013, quando ficou claro que o PT abriu mão de lutar, juridicamente, pelo mandato de Ênio.
Akino Maringá, colaborador