Morte de assaltantes vira espetáculo


(Atualizado) Fotos postadas no Facebook mostram um dos dois jovens mortos na última sexta-feira à tarde numa lavoura de soja, na zona norte de Maringá, segurando uma arma e ao lado de joias, bebidas e pacotes de dinheiro. O rapaz, Fabrício Nogueira Alves da Rocha (o Bodão, dir.), 18, assim como o outro, Erickson Wesley Estevão de Souza (o Erick), 20, não tinha passagens pela polícia. Em outra foto, Fabrício aparece numa banheira redonda com cédulas de dinheiro  sobre a espuma. Os dois assaltaram uma lotérica em Ângulo, naquela tarde, e segundo a versão da PM foram mortos após perseguição e troca de tiros; eles estavam numa motocicleta. Com os dois foram encontrados dinheiro e dois revólveres. Eles foram sepultados no sábado: Fabrício em Sarandi e Erickson em Maringá.

No Facebook foram postadas fotos dos corpos encontrados na lavoura de soja (depois, foram bloqueadas). No Orkut, foram criadas duas comunidades com 339 membros em que os dois assaltantes são chamados de “anjos” e “guerreiros”.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.