O exemplo que vem de cima

mrv3
Informações que constam dos autos acrescentam que além deste rosário de irregularidades existe um imóvel na mesma avenida cuja terceira laje foi embargada pela prefeitura, por ser rota de avião, enquanto que os prédios da MRV terão oito lajes. Lembre-se ainda que toda a vegetação, mais de duzentas árvores, foi derrubada para o início das obras, restando quatro palmeiras. Por conta das manobras à margem da lei, 22 famílias terão a privacidade reduzida. A maioria não se preocupou em protestar, o que demonstra a confiança que têm nas autoridades.
O desrespeito aos princípios da moralidade e legalidade aconteceu quando o presidente da câmara era João Alves Correa (PMDB), denunciado recentemente pelo Gaeco junto com o secretário de Planejamento, Walter Progiante, e o vereador Wellington Andrade (PRP), por exigirem vantagens de um empresário para liberar a instalação de um posto de combustíveis. Num momento em que o MP investiga denúncias de propina por “bagrinhos” em três secretarias da administração Barros, seria um alento se se fizesse justiça, já que, pelo que se percebe, o exemplo que vem dos “tubarões” não é nada bom.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

Um pitaco em “O exemplo que vem de cima

  1. Pode apostar que politico que entrou naprefeitura sem casa propria, ai sair com uma muito das boa. Esperem e verão.

Deixe seu pitaco