Quem seria?

MG1

Leitor fez o seguinte comentário: “A tal figura poderosa, além de cargo de chefia e gratificação por encargos especiais, também receberia muitas horas extras, mesmo estando dispensada do cartão ponto por portaria da Presidência. Se está dispensada do cartão ponto por ocupar função de confiança, qual a razão das horas extras? Mas a coisa não para por aí, parece que também recebe jeton de um outro órgão público, ontem tem parente ocupando cargo em comissão. Será que os horários são compatíveis? Não estaria havendo duplicidades de remunerações? Vereador Humberto, eis aí uma boa questão para se apurar.”
Meu comentário (Akino): Não sei de quem se trata, mas fiquei curioso. Além de Humberto, Marly, dr. Manoel, Mário Verri, John, que teve um ataque de super sinceridade e disse que quer contar tudo, poderia nos contar o que acontece de fato. Ou será que vão fazer como’ os caras’ na CPI d Cachoeira: “Eu me reservo o direito constitucional de ficar calado”.
Akino Maringá, colaborador

MG 33

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.