Da série “Estude o Onze”

No o papel de cidadão, visando esclarecer o eleitor, que não tem tanto conhecimento dos meadros da política, a interpretar corretamente o horário eleitoral, pergunto: Marco Antonio Rocha Loures foi secretário de Saúde, antes ou depois de Heine Macieira, na primeira gestão Barros/Pupin. Lembro bem que ficou dois ou três meses e não aguentou a pressão, preferindo sair para se dedicar às atividades profissionais como médico. Heine, por seu turno, foi exonerado por incompetência para resolver os problemas, segundo amplamente divulgado pela imprensa, na época, e um dos maiores críticos foi Pupin.
Se Rocha Loures, como médico, não consegui ser secretário de Saúde, afastado da política há tanto tempo, depois que foi vereador, salvo engano, por apenas uma legislatura, conseguirá ser prefeito? Ou será apenas de direito, como está sendo Silvio II e Pupin nas substituições, e o prefeito, de fato, continuará sendo Ricardo Barros? Talvez o nome mais correto da coligação seja: ‘Nada mudará’.
Akino Maringá, colaborador