Gallassini inaugura navio

De Ely Rodrigues:
O presidente da Coamo, Aroldo Gallassini, inaugura grande navio na sexta-feira (25), em um estaleiro no Japão. A Coluna do Ely apurou que o navio pertence a empresa alemã Otker, uma das líderes mundiais em alimentos. Gallassini inclusive foi quem batizou o navio com o nome de “Santa Paulina”, santa brasileira. Todos os navios da Otker são batizados com nomes de santas. O batismo ou inauguração de um navio no estaleiro é caracterizado com o lançamento de uma garrafa de champanhe no casco. Antigamente a garrafa era arremessada, depois empurrada por uma corda. Agora a pessoa convidada, no caso, Gallassini, aperta um botão e a garrafa é atirada por um mecanismo eletrônico.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

2 pitacos em “Gallassini inaugura navio

  1. Carlos Alberto diz:

    Esso mecanismo eletrônico que atira a garrafa no casco do navio, na certa foi desenvolvido depois que o ex presidente, do regime militar, Costa e Silva ao inaugurar um navio em um dos estaleiros no Brasil não sabia o que fazer com a garrafa de champanhe que foi colocada em suas mãos, então um de seus imediatos chegou perto e falou baixo bem próximo de seu ouvido “presidente é para quebar a garrafa no casco”, então mais do que depressa o tal presidente levantou o próprio calcanhar e quebrou a garrafa no salto do sapato, e a festa continuou com comes e bebes, esse é o nosso BRASIL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. é que aqui no Brasil eles costumam jogar uma garrafa de cachaça no casco do navio, caravelha mau feita, batelão, traineira e jangadas…

Deixe seu pitaco