Assessora de Pupin é detida por furto

cc
Uma assessora do prefeito Carlos Roberto Pupin (PP) foi presa ontem à tarde por furto na loja Havan, no Novo Centro, em Maringá. A notícia foi dada ontem por André Almenara e levada ao ar no programa Maringá Alerta, mas até então não se tinha notícia de que a autora ocupa cargo comissionado na Prefeitura de Maringá. Ela tem 27 anos, é casada e tem filho, e foi presa por furtar roupas. “Ela fez uma compra e pagou, mas sutiã, calcinha e blusas não. O que chamou à atenção é que a mulher tem condições financeiras e não precisava passar pela humilhação de entrar em uma delegacia. Loira, olhos azuis, toda perfumada e bem arrumada deixou o plantão da delegacia mais animado”, escreveu Almenara. Elida Mário Martins ocupa cargo de assessor IV (CSS, R$ 1.734,84 mensais), lotada no Gabinete do Prefeito;  no entanto, ela dá expediente na Secretaria da Fazenda, mesmo sem ter sido remanejada oficialmente. Ela foi nomeada em 8 de fevereiro deste ano, através do decreto 38/2013, e passou a exercer atividades no dia 13 daquele mês. Elida, que pagou fiança de R$ 700,00 e foi liberada, foi reconhecida por um segurança de supermercado, também por furto, ocorrido há algum tempo. Em seu Facebook há várias fotos com secretários e com Pupin, como esta.

Advertisement
Advertisement