Pepista José Borba na lista de amigos de Alberto Youssef

borbaO ex-deputado federal e ex-prefeito de Jandaia do Sul José Borba (PP) está entre os visitantes do escritório do doleiro Alberto Youssef, preso na Operação Lava Jato,, junto com sete deputados, um assessor minsterial e João Cláudio Genu, ex-assessor do PP denunciado no processo do mensalão. Reportagem de Rodrigo Rangel na Veja on line mostra que, além do londrinense André Vargas (sem partido), pepistas são maioria entre os que mais visitaram o doleiro. Entre os deputados há outro paranaense, Nelson Meurer, presidente estadual do PP. “A movimentação no escritório de Youssef era intensa. Pela mesma porta por onde passavam as autoridades de Brasília transitavam outros investigados da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal. Compareciam de entregadores de dinheiro que serviam ao doleiro a representantes de empresas que aparecem abastecendo o caixa do esquema operado por ele, sustentado por negócios em diferentes áreas do governo – do Ministério da Saúde a estatais como a Petrobras. O bunker era o lugar onde se encontravam os diferentes interesses envolvidos: o das empresas que desejavam contratos e o dos políticos que viabilizavam esses contratos. Ao doleiro cabia a tarefa de equilibrar essa equação”, diz a reportagem. Leia mais.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.