Pós-doutorado no exterior

O reitor da Universidade Estadual de Maringá, Mauro Luciano Baesso, autorizou o afastamento da professora Fabiane Cortez Verdu para realizar estágio de pós-doutorado na Universidade de Colônia, na Alemanha, de 21 de setembro deste ano a 21 de setembro de 2016, com ônus restrito aos vencimentos e demais vantagens inerentes ao vínculo efetivo com a UEM.
Também foi assinado o afastamento do professor Mauricio Reinert do Nascimento para estágio de pós-doutorado no Max Planck Institute for the Study of Societies, na Alemanha, de 1º de outubro próximo a 1º de outubro do ano que vem, com ônus para o CNPq.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “Pós-doutorado no exterior

  1. boa sorte a eles que podem se afastar e estudar fora!
    a grande maioria dos mortais em que trabalhar, e não tem esse direito.

    alguns fazem isso no horário de expediente, sem afastamentos e de forma irregular, e outros pior ainda, com cargos comissionados.
    a UEM precisa urgentemente fazer cumprir o regimento interno sobre plano de capacitação. ou é só para inglês ver, ou os que não tem influencia?

    cabe a quem fiscalizar a uem , o estado, ou ao ministério publico?
    quem é que sabe?

    o que não entendemos também é porque alguns que estão prestes a aposentar ainda continuam a se afastando para pos graduação.
    pra que?

  2. povo de maringá diz:

    quem pode se afastar para pós graduação, qdo? e de que forma?

    A PRH solicita essa documentação para ficar arquivada ou é só de boca?

  3. FUNCIONALISMO PUBLICO EH TIPO UM CANCER OU UM VIRUS IMUNE SUFICIENTE… PARASITAM TUDO POR DENTRO DEPOIS QUEREM POR FORA.. MALDITOS APOSENTADOS PENSIONISTAS CARGOS COMISSIONADOS

Deixe seu pitaco