Maringaense é preso acusado de vender autopeças roubadas

Odair Reginaldo Alcântara Cardoso, dono de um ferro velho em Maringá, que comercializava peças de automóveis roubados, foi preso na manhã de hoje junto com sete outras pessoas, acusadas de integrarem uma quadrilha que atuava em furtos e roubos de veículos.
Segundo Samara Rosenberger, do BondeNews, a organização usava os carros roubados para transportar cigarros contrabandeados.


A organização atuava, preferencialmente, na região das Clínicas em Londrina, no entorno da avenida Bandeirantes e Igapó I e II, em Londrina. Carros e caminhonetes de luxo eram os alvos prediletos, como Corolla, Hilux e i30, por exemplo.
Também foram feitas prisões em Rolândia, Cambé e Londrina. Além do maringaense, foram presos Soraia Iaeko Matumoto, Cristiano Casagrande, Eduardo Henrique de Oliveira, Jeferson José William dos Santos, Leonardo de Oliveira, Michel da Silva Bueno e Paulo dos Santos.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.