Enquanto isso, na praça da Catedral de Maringá…

praca1

A encenação da Paixão de Cristo é um espetáculo já tradicional em Maringá, merece elogios, mas alguém tem que puxar a orelha de sua organização.
Veja imagens da bagunça que está o local, quatro dias depois da última apresentação, que foi na sexta-feira.

praca4

Baratek 10

No local – o estacionamento da praça da Catedral – ainda há duas estruturas de palco e restos de parte do cenário espalhados pelo chão.
A sujeira só não está pior porque um flanelinha que trabalha no local emprestou uma vassoura para juntar os restos de materiais deixados no local, atrapalhando a circulação das pessoas e bloqueando vagas de estacionamento.
O diretor executivo do evento, vejam só, é Marlos Marceliano de Almeida, muito ligado a Silvio Barros II (sem partido), de quem foi ouvidor municipal e atualmente é diretor-geral da Secretaria de Planejamento do Paraná (R$ 15.892,44 mensais).
A legislação municipal prevê multa para eventos que não retiram a sujeira produzida em determinado prazo.

praça

praca2

praca3

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.