Homenagem pelo Dia dos Pais

pais e filhos

… de alguns filhos de políticos. Aproveitando o texto sensacional do José Pedriali, reproduzido nesta postagem do Rigon, fico imaginando como seriam as homenagens de dezenas, talvez centenas de filhos de políticos, muitos jovens como Maria Victória, Tiago Amaral, Requião Filho, Felipe Franchischini, só para lembrar alguns do Paraná, e outros como Roseana Sarney, Sarney Filho, Renan Filho, Helder Barbalho, Efrain Filho, e tantos e tantos.
Seus pais, mais que os ensinarem a ‘servir o povo’, via mandato eletivo, deram-lhe os empregos, e sabemos de que forma.

Dois são especiais: os de Maria Victória e Tiago Amaral. Não fossem seus pais seriam deputados, tão jovens? Claro que não, são inexperientes e sem as força$ dos genitores talvez estivessem se batendo para conseguir um lugar no mercado de trabalho.
Tem que ser muito burro, diria, um vereador, inclusive os jovens que votaram neles, e hoje continuam buscando empregos, para acreditar que eles estão nos cargos para servir e não servirem-se.
Akino Maringá, colaborador

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.