Ministro da Saúde ‘entrega’ Dilma

Geddel Vieira

Ex-vice-líder do governo petista, o ministro interino da Saúde, Ricardo Barros (PP), entregou ao ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (foto/PMDB), oficialmente, o déficit da saúde pública brasileira.


O relatório mostra que o déficit é de R$ 3,5 bilhões e que deveriam ter sido repassados para os hospitais conveniados com o SUS pela presidente Dilma Rousseff (PT) desde 2012. Leia mais.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.