Sem motivos para sorriso

negrão sorriso

O vereador Jones Dark, está, como diria o narrador Milton Leite, ‘que fase’, em se tratando de política. Não conseguiu se reeleger, alcançada uma votação pífia, em Maringá.
Já em Sarandi, seu filho obteve apenas 100 votos. Isto mesmo, 100 votos redondos, segundo informações no site UOL.


A expectativa era de eleição dos dois, mas, pelo que se vê, não há motivo para sorrisos hoje. Resta saber se os dois pensam em ganhar cargos comissionados, numa eventual eleição do candidato do seu partido, em Maringá.
Alino Rebouças, colaborador interino

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.