ACM para RB: nem vem

acm neto

De Levi Vasconcelos, no jornal A Tarde, de Salvador (BA):

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, intencionou vir a Salvador hoje anunciar uma série de iniciativas de sua área.
Discretamente, foi avisado por interlocutores de ACM Neto de que não viesse e, se o fizesse, não seria recebido pelo prefeito.


Neto não esconde a sua insatisfação com uma série de pleitos de Salvador na área de saúde engavetados nos tempos de Dilma e nos de Michel Temer também, apesar das reiteradas incursões na tentativa de liberá-los. Ainda anteontem ele esteve em Brasília, mais uma vez tentou buscar respostas no setor e também mais uma vez sem sucesso.
Ou seja, apoiar Temer assim é ônus (da impopularidade presidencial) sem bônus.
Aliás, ele diz a amigos que, na dividida entre o apoio a Temer e os interesses de Salvador, fica com Salvador.
Ou seja, nada de apoio incondicional.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.