O ranking da censura

ranking

Levantamento da plataforma Ctrl+X, da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), mostra que prefeitos do PSDB lideram o ranking dos 126 candidatos deste ano que tentaram retirar dados de jornais e veículos de mídia, por meio da justiça.
Os políticos que alcançaram o cargo representam 32,45% de todos os processos verificados pela associação como tentativa de censura de informações de veículos noticiosos e online, além de rádio e TV.

Graças a Deus, não foi o caso de Maringá. O ímprobo Silvio Barros II (PP), derrotado, liderou os processos contra comunicadores (contra este modesto blog foram vários, sem contar que ainda tem processo para ser notificado), mas ele também ingressou com representação na Justiça Eleitoral contra sindicalistas e outros. Silvio Barros, que já havia xingado jornalistas de urubus, conseguiu a retirada de algumas postagens e até, em primeira instância, retirar o site por 24 horas, decisão revertida no TRE-PR, felizmente, pelos ótimos advogados que defenderam o blog. (Arte: Jornal CGN)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.