Procon e Vigilância Sanitária divulgam resultado de fiscalização

O Procon e a Vigilância Sanitária realizaram nesta semana fiscalização conjunta em supermercados e açougues em Maringá para verificação de itens como qualidade, manuseio e acondicionamento de carne.
Na fiscalização foram encontrados produtos a venda vencidos, sem nenhum tipo de informação como data de fabricação validade, ausência de selo de inspeção, embalagens violadas e impróprios para o consumo. Por precaução os produtos foram descartados.

O Procon quantifica o valor das multas a serem aplicadas e estuda a possibilidade de convocação dos estabelecimentos comerciais fiscalizados para o firmamento de termo de ajustamento de conduta, visando assegurar a efetiva realização de boas práticas que evite a oferta de produtos impróprios para o consumo.
“A população não precisa alterar em nada os hábitos de consumo de carne na cidade. Os problemas encontrados mostram ausência de devida organização e de um sistema de controle de qualidade. Isso pode ser resolvido principalmente com a atenção redobrada do consumidor ao prazo de validade dos produtos”, afirmou o coordenador do Procon, Rogério Calazans. (PMM)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.