A praça é do povo

Praça Salgado Filho, Maringá

Da professora Ana Lúcia Rodrigues, do Observatório da Metrópoles, a propósito de o Judiciário não abrir mão de construir o novo fórum sobre a praça Salgado Filho:

Maringá se orgulha do seu planejamento que incluía um amontoado de áreas públicas para a população.
Interesses especulativos privatizaram quase todas essas áreas ao longo da nossa história.

O Judiciário não precisa se juntar à longa lista dos beneficiários das desafetações do nosso território público, composto por uma área fundamental para a sociabilidade urbana: as raras praças das cidades atuais.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.