Em nota, Acim diz que irá recorrer de multa aplicada pelo TCE

A Associação Comercial e Empresarial de Maringá, que foi multada junto com o ex-prefeito Silvio Barros II pelo Tribunal de Contas, que considerou irregular a transferência de recursos públicos para pagamento de publicidade em 2012, divulgou agora à noite uma nota informando que irá recorrer da decisão.

O comunicado diz que a entidade cumpriu integralmente a finalidade do convênio assinado com a prefeitura, que era contratar a divulgação da campanha Maringá Liquida, que movimenta a economia local e é esperada por milhares de consumidores, gerando empregos e impostos para a cidade. O plano de mídia foi elaborado por uma agência especializada, contemplando vários veículos e tipos de mídias.
“As prestações de contas de outras edições da mesma campanha comercial, com igual tipo de transferência voluntária e uso de recursos, foram devidamente aprovadas pelo mesmo tribunal, confirmando a licitude desses processos”, acrescenta, informando ainda que ir[a recorrer “pois nada nesse processo foi diferente das demais que foram aprovadas”.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.