Fim dos depoimentos

Iguaçu do Brasil

Terminam hoje, na 5ª Vara Criminal de Londrina, os depoimentos de mais uma ação referente à Construtora Iguaçu do Brasil.
A empreiteira, de Maringá, pertence a Carlos Alberto Oliveira, ex-prefeito de Mandaguari, principal acusado de um golpe que lesou aproximadamente 600 famílias.

Desta vez, o empreendimento alvo, mais um dos que não foi entregue, é o Condomínio Imperial Boulevard. O promotor Jorge Barreto afirmou que dos 15 empreendimentos prometidos, apenas um foi entregue e isso porque os compradores se reuniram e terminaram a obra por conta própria.
Os integrantes do grupo criminoso aceitaram carros, motos e outros bens como pagamento por supostas casas. Nenhum desses bens ficou com o grupo e rapidamente foram repassados a terceiros. A informação é de Neto Almeida, da Rádio Paiquerê de Londrina (tem áudio).

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.