Sem fogão e sem tanque

Indígenas

O espaço destinado a índios caingangues indígenas, que deixam suas reservas temporariamente para comercializar artesanato em Maringá, ainda não tem fogão a gás. Os indígenas usam madeira para fazer comida.

Também não há tanques para a lavagem de roupas. Há algumas semanas a Secretaria de Assistência Social e Cidadania prometeu equipar o local, que fica no Parque Residencial Aeroporto. No grupo há muitas crianças. O espaço será transformado futuramente numa ′casa de passagem′, com estrutura com condições adequadas para que os indígenas se abriguem quando estiverem em Maringá.

Indígenas

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.