A verdade era outra

Nas redes sociais um boato dizia que 500 funcionários do frigorífico Palmali haviam sido demitidos em Maringá e que a culpa era de políticos “em busca de valorização imobiliária”.

Hoje em O Diário o jornalista Diniz Neto deu a notícia verdadeira: ele confirmou junto ao RH da empresa que 180 funcionários entraram em férias coletivas, na última segunda-feira. As férias vão até 19 de janeiro.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.