Em Londrina, dois vereadores são alvo de operação do Gaeco

O vereador Mario Takahashi, presidente da Câmara de Londrina, foi alvo de uma operação policial realizada hoje pelo Gaeco. Policiais do Grupo Especial de Atuação contra o Crime Organizado cumpriram mandados de busca e apreensão no seu gabinete e no do vereador Professor Rony Alves (PTB)

Takahashi é acusado de corrupção passiva, ao pedir dinheiro para a campanha para deputado; a informação ainda não é oficial. Ele também é presidente do Partido Verde naquela cidade. O Gaeco promoverá uma entrevista coletiva às 11h para dar mais detalhes do fato. Segundo o Paçoca com Cebola, os dois vereadores não foram presos “mas agraciados com tornozeleiras eletrônicas”.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.