Protesto na UEM

A quarta-feira começa com protestos.

Às 8h, defronte a reitoria da UEM, um grupo de pessoas vai protestar contra o reitor Mauro Baesso, que não acatou o parecer da comissão de sindicância, que recomendou a demissão do professor Moacir José da Silva e a suspensão, por 90 dias, do professor Itamar Flávio da Silveira, ambos do Departamento de História da Universidade Estadual de Maringá, acusados de assédio sexual.
A decisão do reitor foi uma advertência a Itamar e suspensão de 90 dias a Moacir.
A manifestação da manhã de hoje vai iniciar o processo de mobilização para o dia em que o assunto for discutido pelo Conselho Universitário.
Segundo os organizadores, a decisão do reitor deu força aos acusados de abusos, que já estão processando todas as mulheres que os denunciaram.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.