Sindicato repudia tentativa de ocupação de cargo técnico na Sanepar por critérios políticos

A diretoria regional do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Paraná (Senge) em Maringá divulgou nota em que repudia a tentativa de nomeação do presidente municipal do MDB para o cargo de superintendente regional da Sanepar, Umberto Crispim de Araújo (foto).
A entidade defende que a função, de gestão e estratégica para a estatal, deve ser empenhada por um profissional com conhecimento técnico e sobretudo por alguém que integre o quadro de carreira da Sanepar.
Crispim não é funcionário da estatal. Cogitado para o cargo de superintendente, o político assumiria, caso nomeado pela direção da Sanepar, um cargo de gerência com responsabilidade de coordenação de ações de gestão da região, de coordenar os projetos e cobrar as medidas de gerenciamento de unidades regionais, setor operacional de serviços eletromecânicos e de outras áreas de gerenciamento.
“A pressão política pela nomeação é grande e recebemos várias informações da região de que o próprio político tem aparecido nas dependências da Sanepar. Nunca na história da estatal um quadro técnico desta envergadura e responsabilidade foi ocupado por alguém de fora da Sanepar e sem o conhecimento técnico na área. Uma medida como esta abre precedente para que haja uma generalização na ocupação de quadros estratégicos na estatal, o que certamente tende a precarizar os serviços prestados pela Sanepar aos milhares de cidadãos”, critica o vice-presidente do Senge, Leandro Grassmann.
O Senge entende que tais funções, de extrema importância para o atendimento a milhares de habitantes da região, sejam desempenhadas apenas por profissionais com formação técnica na área e que sejam funcionários de carreira na estatal.
Ex-vereador de Maringá, Crispim é atual presidente do partido na região, e tem uma longa carreira de cargos políticos na administração municipal e estadual, tendo ocupado Diretoria de Relações com Investidores da Sanepar em 2011, de secretário do Meio Ambiente na gestão do ex-prefeito de Maringá, Carlos Roberto Pupin (PP), tentou ser superintendente do Ibama no Paraná e até se candidatou ao cargo de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.