Nomeação política repercute

A nomeação do presidente do PMDB em cargo técnico na gerência geral noroeste da Sanepar, formalizada ontem em Curitiba, repercutiu.

Na Gazeta do Povo, João Frey deu destaque ao cargo que Umberto Crispim ganhou da família Barros, com salário pago pelo contribuinte, numa clara permuta político-eleitoral visando a pré-candidatura ao governo do PP, o partido mais corrupto do país.
Também o senador Roberto Requião, que durante anos foi idolatrado por Crispim, compartilhou a postagem feita ontem por este modesto blog, com a repercussão de um funcionário da Sanepar ao novo chefe.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.