Sobrou para o ipê

Não contente em fazer romaria até o Tiro de Guerra, um grupo que é contra a democracia agora fixa seu pedido de intervenção militar até em árvore do canteiro central da avenida Mandacaru, em Maringá.

Árvore, como lembra leitor, é um bem público, e o ipê a árvore-símbolo de Maringá.
A frase, aliás, ganhou um acréscimo contraditório “Queremos intervenção cívico-militar já!””.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.