Fiscalização orienta ambulantes

Teve início hoje uma fiscalização, solicitada pelo Ministério Público Federal, a respeito do número de ambulantes na região central da Maringá.

Os ficais orientam os ambulantes, que devem procurar a regularização junto à prefeitura para não ter suas mercadorias apreendidas, e também os consumidores. A cidade tem cerca de 300 ambulantes regularizados. O número de denúncias sobre comércio ilegal quase dobraram no primeiro semestre deste ano, em comparação ao ano passado.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.