Grupo maringaense quer arrematar Hospital Evangélico e Faculdade Evangélica do Paraná no dia 17

Será numa sexta-feira, 17 de agosto, o leilão do Hospital Evangélico de Curitiba, para quitar débitos trabalhistas. O leilão, promovido pela 9ª Vara do Trabalho de Curitiba, atingirá imóveis e objetos da Faculdade Evangélica do Paraná.

O preço mínimo para a arrematação será de R$ 205.994.575,67. Os interessados deverão realizar depósito em dinheiro a título de caução ou apólice de seguro no valor de R$ 5 milhões.
O blog soube que um centro universitário de Maringá estará presente ao leilão e está disposto a gastar até R$ 296 milhões na aquisição dos bens a serem leiloados. A Faculdade Evangélica mantém curso de Medicina desde 1969.
Circula a notícia de que o próprio governo do estado ajudaria a recompor a base financeira do hospital. O Ministério da Saúde, assim como o governo estadual, está nas mãos do PP. Se o partido continuar com o ministério, a emenda de bancada do Paraná será salvadora (leia o que escreveu Andreza Matais na Coluna do Estadão).
O juiz Eduardo Milléo Baracat, que declará os habilitados até o próximo dia 6, determinou o leilão atendendo ação civil pública pelo Ministério Público do Trabalho em função de irregularidades e atrasos no pagamento de salários, concessão de férias e depósitos de FGTS, além do descumprimento reiterado de acordos judiciais. O Hospital Evangélico está em intervenção judicial desde dezembro de 2014.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “Grupo maringaense quer arrematar Hospital Evangélico e Faculdade Evangélica do Paraná no dia 17

  1. é é essa é aqueçla faculdade da drª virginia lembram? justiça comprada…. bem quem daqui comprar ja sabe e faz o esquema igualzinho

    • Só pra constar Dr Virginia foi inocentada e a instituição deve 4 milhões a ela a título de indenização… procura por aí os motivos que levaram o “poder público” assassinar a reputação dela, que vc vai ficar de cabelo em pé…

Deixe seu pitaco