‘Tudo normal’ na UEM

Na UEM a eleição para a reitoria continua ocorrendo tudo na “normalidade”, observa leitor.

“O candidato da situação indicou a comissão eleitoral, e até agora os defensores da “legalidade” continuam achando “tudo normal”.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.

3 pitacos em “‘Tudo normal’ na UEM

  1. observador diz:

    seriam esses membros, os CCs da gestão?

    essa UEM mudou muito nesses últimos anos, e o governo do Estado é muito bonzinho, e tolerante diante dessa falta de gestão para o público, de tratamentos igualitários, e leis claras e transparência.
    a palavra meta 4, é dita por alguns corajosos, como se isso fosse algo horrível, mas com certezas as pessoas honestas que não tem nada a esconder são a favor.

    governador, faça auditorias nas universidades, necessita urgente!

  2. Quanta besteira, deveriam se informar antes de agir igual ao MBL fake news.
    A comissão eleitoral é eleita em votação do COU, o reitor (no caso o vice-reitor que estava no exercício) apenas assina o ato oficial por ser a autotidade da uem. Simples assim, o sujeito não indica ninguém.

Deixe seu pitaco