Não cidadãos de Toledo

O jornalista Eliseu Lagner de Lima, na Gazeta do Toledo, lembra na edição de hoje a recomendação do Ministério Público, em outubro de 2017, que resultou na nulidade do título de cidadania honorária ao então ministro da Saúde, Ricardo Barros, aprovado irregularmente.

Com isso, explica, também houve a retirada do projeto que daria o Titulo ao ex-governador Beto Richa. “Sábia e respeitosa a decisão do MP por, naquele momento assim como hoje e sempre estar intercedendo pelas causas públicas, aos nossos vereadores que se posicionaram contra esses títulos e a imprensa livre sem rabo preso com grupos políticos”.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.