Com nova resolução do Contran, faixas elevadas serão retiradas das avenidas

A resolução 738 do Conselho Nacional de Trânsito, do último dia 6, definiu os critérios para a utilização de faixas de pedestres elevadas. Quem não vai gostar é vereador que gostaria que a cidade fosse cheia deste tipo de travessia.

O alerta já havia sido publicado há tempos no blog. A restrição aumenta e passam a ser raros os casos onde poderão ser implantadas. As prefeituras terão até 30 de junho de 2019 para readequar ou retirar as faixas que não atenderem a resolução.
Em Maringá, por exemplo, todas as faixas elevadas construídas em avenidas deverão ser removidas. Saiba mais.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.