Sindicato pede ação contra práticas ilegais que ocorrem em Maringá

O Sindicombustíveis-PR divulgou nota nesta tarde, a propósito de postagem publicada no blog, e informa que pediu ao poder público ações que coíbam práticas ilegais – como adulteração de combustível, compra de etanol sem nota fiscal -, “e outras ilegalidades que sabidamente ocorrem na cidade de Maringá e região, bem como em outras regiões de nosso Estado”. Na íntegra:

“O Sindicombustíveis – PR atua em defesa da Revenda de Combustíveis do Paraná há 61 anos e sempre preza pela legalidade.
Assim, repudia veementemente a compra de etanol sem nota fiscal, adulterações de combustíveis, sonegações fiscais e outras ilegalidades que sabidamente ocorrem na cidade de Maringá e região, bem como em outras regiões de nosso Estado.
O Sindicombustíveis-PR apoia o Poder Público na correta fiscalização de tais ilegalidades. Neste sentido, informa que solicitou ao Governo Estadual e, em especial, à Secretaria de Fazenda, que
sejam intensificadas ações coibindo estas práticas ilegais – subterfúgio de poucos, mas que acabam maculando este importante segmento, composto em sua maioria por empresários sérios e honestos.
Sindicombustíveis-PR

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.