Servidora que fez denúncia recebeu mais de R$ 9 mil de hora extra

A RICTV Record de Maringá exibiu hoje reportagem com denúncia de uma servidora, não identificada, por causa da implantação das 30 horas na saúde, uma das reivindicações mais antigas da categoria e realizada na atual gestão.

Na internet circula a informação de que a servidora chegou a receber mais de R$ 9 mil mensais de hora extra, antes da implantação das 30 horas. Ela seria parente da ex-secretária de Saúde de Maringá na gestão do PP e ex-vereadora pelo Pros, Carmen Inocente.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.