Aposentadoria de ex-governadores: Ratinho defende retroatividade

Do governador Ratinho Junior, em entrevista à Gazeta do Povo, sobre aposentadoria de ex-governadores:

O governo encaminhou para a Alep um projeto que acaba com a aposentadoria para ex-governadores do estado. A ex-governadora Cida Borghetti (PP) requereu o benefício em janeiro. O governo irá conceder?

Eu deixei muito claro que eu sou contra. Não é correto, em um país em que as pessoas se aposentam com R$ 800, R$ 1 mil, trabalhando por 35 anos, que alguém fique 4, 6 meses e se aposente para o resto da vida com R$ 33 mil, que é o salário de governador. Não estou falando do caso específico da ex-governadora, mas sim como um todo. Nós vamos deixar a Assembleia Legislativa discutir esse assunto. Eu acho que vai ter a aprovação. Tem até uma discussão sobre se seria retroativo ou não. Eu defendo que seja. Acho que, se nós não dermos o exemplo, não temos como passar por uma Reforma da Previdência, por exemplo. Nós temos que acabar com os privilégios, e não só de políticos: de juízes, promotores, militares. Tem que ser repensado. Se isso não acontecer, como você vai cobrar a realização de uma Reforma da Previdência que pode dificultar a vida das pessoas mais humildes?” (Via Zé Beto)

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.