Confira a recomendação do MP

O reitor da Universidade Estadual de Maringá, Julio Cesar Damasceno, tem até o início de junho para dar ciência à Promotoria de Proteção ao Patrimônio Público do recebimento de recomendação administrativa, expedida no dia 2, para que implante o sistema de ponto biométrico em todos os setores e campus da UEM, para fiscalizar a frequência dos servidores, sejam eles efetivos, comissionados ou FGs.

Foi dado prazo de 120 dias pára o cumprimento da determinação e 30 dias para que se apresente ao Ministério Público Estadual o cronograma detalhado das etapas e providências administrativas a serem adotadas com vistas à implantação e funcionamento do sistema de ponto biométrico. Há outros prazos dados pelo promotor Pedro Ivo Andrade ao reitor, para expedir ofício às chefias para exercer a fiscalização do cumprimento dos horários de entrada e saída do local de trabalho (10 dias).
Leia aqui a recomendação na íntegra

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.