Controle de gastos

Controle de gastos foram as palavras mais ouvidas hoje, em Curitiba, por conta das comemorações dos 72 anos do Tribunal de Contas do Estado (leia mais).

Maringá talvez ainda carregue traumas quando se fala em TCE, por conta do episódio Paolicchi, mas há agora uma coincidência entre o assunto e a circulação, pelas redes sociais, de uma relação com os maiores salários pagos pelo poder público.
A se considerar a honestidade da lista, o maringaense melhor colocado no ranking é ligado à Receita Federal, está na ativa com R$ 54.237,39 mensais. Dos maiores proventos, 99% são de aposentados e pensionistas, a começar pelo brilhante contracheque de R$ 150.285,94 como última remuneração. É mesmo preciso que se fale muito do quanto pesam no bolso dos contribuintes esse tipo de gastos.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.