Lançada a Frente Parlamentar
em Defesa do Pescado

A Frente Parlamentar em Defesa do Pescado, presidida por Luiz Nishimori (PL), foi lançada oficialmente na terça-feira, em Brasília.

O jantar contou a presença de diversos parlamentares e representantes das entidades do setor. A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e o secretário da Secretaria de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Jr., foram alguns dos políticos que prestigiaram o evento.
Nishimori, que também está à frente da recém-criada Subcomissão Comissão Permanente do Pescado, frisou que o Brasil precisa melhorar a participação no mercado mundial de pescado. “Com mais de oito mil quilômetros de costa e possuindo 12% de toda a água doce disponível no mundo, o Brasil tem recursos abundantes tanto para a pesca quanto para a produção de peixe”.
Nishimori disse que pretende equiparar o desenvolvimento do pescado às demais áreas do agronegócio. “Importamos quase 60% de todo o peixe consumido no País. Vamos elevar a nossa pesca e aquicultura, assim como fizemos com a nossa agricultura que, há 40 anos, era mera importadora. Nosso sonho é que a pesca e aquicultura cheguem perto deste patamar”.
Ele garantiu que a Frente vem para debater os novos rumos do país e “será um amplo espaço de diálogo para colaborar com o crescimento e desenvolvimento do setor.” Nishimori afirmou ter indicado mais de 20 parlamentares para compor diretoria, coordenação e vice-presidência. Assegurou ainda que o setor pode gerar mais renda e empregos para a população, mas para isso é preciso políticas públicas eficientes e incentivos. “Ainda há muita burocratização e morosidade nos processos de fiscalização e liberação para produção, abate e venda do pescado”. Leia mais.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.