Revista coloca Maringá entre as
cidades mais felizes do Brasil

A revista eletrônica Bula, de Goiânia, incluiu Maringá entre as 26 cidades mais felizes do Brasil. O fato foi comemorado no Twitter pelo prefeito Ulisses Maia, no final de semana.

Ainda que a felicidade seja um conceito subjetivo, alguns indicadores de qualidade de vida ajudam a medir a satisfação e o bem-estar dos brasileiros, informa o texto da Bula, que fez a lista com base em uma cidade por estado. “Para isso, foram avaliados quatro relatórios: o Atlas de Desenvolvimento Humano no Brasil, publicado pelo PNUD, que classifica as cidades brasileiras de acordo com o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH); o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), baseado em estatísticas públicas oficiais; o Atlas da Vulnerabilidade Social e o Atlas da Violência, divulgados pelo Ipeaq. Para escolher as cidades, a Bula fez uma média entre as pontuações que cada uma obteve nesses quatro estudos, que analisam fatores como renda, longevidade, educação, emprego, saúde, saneamento básico e trabalho. Entre os municípios mais bem pontuados estão São Caetano do Sul, em São Paulo; Maringá, no Paraná; e Vitória, no Espírito Santo”, acrescenta.
Ao se referir a Maringá, a revista diz que a cidade é o terceiro maior município do Paraná, com aproximadamente 417 mil habitantes. Em várias pesquisas, aparece entre as melhores cidades brasileiras, destacando-se por apresentar ótimos índices nas áreas de saúde, segurança e saneamento básico. É considerado um dos municípios mais arborizados do país, preservando no perímetro urbano grandes áreas de mata nativa. Na economia, prevalecem os setores de comércio e prestação de serviços.Aqui.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.