Maia defende consenso para temas polêmicos em encontro com a FPA

MG1

Em agenda conjunta da Frente Parlamentar da Agropecuária com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, na manhã de hoje, líderes partidários e a Confederação da Agricultura Pecuária do Brasil discutiram temas como licenciamento ambiental, pesticidas e a proposta que prorroga por 10 anos o prazo do registro de ratificação de imóveis em áreas de faixa de fronteira.

MG1

O presidente da FPA, deputado Alceu Moreira (MDB-RS), ressaltou que chegou a hora de sair de discursos com retórica estremada para encontrar convergências. “O agro é frontalmente contrário ao desmatamento ilegal e não é apenas um documento que queremos fazer, queremos ser responsáveis pela manutenção da lei. Queremos trabalhar essa agenda para mostrar que o setor é responsável pela preservação também”, destacou Moreira.
O deputado Luiz Nishimori (PL), vice-presidente da região Sul da FPA, falou sobre o PL 6299/2002 que trata dos pesticidas. Para ele, a atualização e a modernização de novas moléculas, além de garantir agilidade no processo de aprovação de novas moléculas. “Devemos colocar as leis brasileiras no nível das internacionais. É um assunto importante para o desenvolvimento do Brasil. Temos mais dois mil produtos em fila para aprovação. Muitos são genéricos”. Leia mais.

MG1

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.