UEM confirma ameaça de atentado e que identificou de onde ela partiu

A Administração Central da Universidade Estadual de Maringá divulgou nota, há pouco, informando que recebeu, por mensagem eletrônica, ameaça de um atentado no câmpus que, supostamente, ocorreria na segunda-feira e que já acionou os órgãos de segurança e, junto com as Polícias Federal, Militar e Civil, já adotou plano de ação para controlar a situação de emergência.

“Como medida preventiva a Polícia Militar está mais presente no câmpus desde o início da manhã desta sexta-feira. A operação abrange diferentes ações a serem realizadas durante todo o dia e também no período noturno, inclusive nos câmpus regionais da Universidade.
É importante destacar que já foi identificado de onde partiu a ameaça e que os suspeitos estão sendo investigados. Outra preocupação agora é conter as mensagens falsas que estão circulando nas redes sociais. Identificados os autores, estes também serão investigados estando passíveis de responder pelos atos. Cabe ressaltar que o canal oficial para informações é o Gabinete da Reitoria. No caso de denúncias, elas podem ser feitas pelo número 0800 6434278”, diz a nota.

Angelo Rigon

Jornalista em Maringá. Pioneiro em blog político, foi repórter e apresentador de programas de rádio e televisão, além de ter editado jornais e revistas. É comentarista da Jovem Pan Maringá.