Mais de 1,6 tonelada de cocaína foi apreendida este ano em Paranaguá

A Receita Federal apreendeu hoje pela manhã, no Terminal de Contêineres do Porto de Paranaguá, 1.096,5 quilos de cocaína. Os tabletes da droga foram inseridos dentro de uma carga de compensados de madeira que teria como destino o Porto de Antuérpia, na Bélgica.

A carga foi preparada para ocultar os tabletes de cocaína de modo a não serem detectados em uma inspeção visual. Graças ao sistema de gerenciamento de risco da Receita Federal, o produto ilícito foi detectado com o auxílio de scanners e utilização de cães de faro. 

Com a apreensão de hoje, já são 1.592 kg de cocaína apreendidos por servidores da Receita Federal, em 16 apreensões realizadas em 2023, no porto paranaense. Esta foi a maior apreensão de cocaína realizada pela Receita Federal no Paraná desde 2019. Caso tivesse chegado à Europa, a carga poderia ser revendida por um valor superior a R$ 150 milhões.

As informações sobre o caso foram repassadas às autoridades policiais bem como às administrações aduaneiras estrangeiras para impulsionar o combate ao tráfico de drogas internacional.

A Receita Federal atua no controle aduaneiro sobre cargas e veículos vindos do exterior ou a ele destinados com o objetivo de facilitar o comércio internacional e manter a segurança das operações lícitas. (RF)

Foto: Divulgação/Receita Federal

Advertisement
Advertisement