Receita Federal realiza segunda apreensão de cocaína no mesmo dia em Paranaguá

A droga estava dentro de sacos de açúcar

Na tarde de quarta-feira, a Receita Federal apreendeu 80,5 quilos de cocaína no Porto de Paranaguá. A droga foi colocada dentro de sacos de açúcar para dificultar a detecção por parte dos servidores do órgão.

A cocaína foi detectada com o auxílio da equipe de cães de faro da Receita Federal, que anteriormente já havia atuado na localização de mais de uma tonelada de cocaína encontrada em uma carga de compensados de madeira.

Com esta apreensão, já são 1.672,5 kg de cocaína apreendidos por servidores da Receita Federal, em 17 apreensões realizadas em 2023, no porto paranaense. A quantidade de apreensões já é maior do que as 13 realizadas pelo órgão em 2022. Com a inauguração de um canil para abrigar os cães de faro do órgão nas dependências do Terminal de Contêineres de Paranaguá prevista para o dia 21 de setembro, a expectativa é que as apreensões aumentem ainda mais. (RF)

Foto: Divulgação/RF

Advertisement
Advertisement