A estranha posição de Belino Bravin

Bravin, do PSD, estaria com Do Carmo, do União?

O PSD de Maringá vai indicar o vice na chapa encabeçada pelo emedebista Edson Ribeiro Scabora, todos sabem. Mas o único vereador do PSD local tem outro pré-candidato: o deputado estadual Paulo Rogério do Carmo (União Brasil).

É o que se depreende de sua resposta a uma resposta dada por Belino Bravin Filho a uma eleitora, que lhe pediu o voto contra o projeto de empréstimo que a Prefeitura de Maringá quer fazer com a Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 200 milhões, que ela classificou de absurdo. “Depois o Do Carmo paga”, respondeu.

Ficou tudo estranho (Bravin vai deixar o PSD? O MDB perderá o PSD? Por que Bravin não gosta do Scabora?), mas isso não é nada quando fica-se sabendo que, por conta do aumento de cadeiras – de 15 para 23 -, a família Bravin terá nada mais nada menos que três candidatos ao Legislativo em 2024. Além do atul, filho de ex-vereador, seus dois filhos prometem estar na disputa.

Advertisement
Advertisement