Filho de vereador é alvo de busca e apreensão

Cargo comissionado na Ciretran, filho do vice-presidente da Câmara de Sarandi teve o celular apreendido pelo Gaeco

Um dos alvos da Operação Money Poup, realizada hoje pelo Gaeco, é Weshilen Farias, cargo comissionado da Casa Civil (R$ 3.720,08 mensais), à disposição do Detran, que trabalha na 86ª Ciretran desde abril de 2020. Ele é filho do vice-presidente da Câmara de Sarandi, Belmiro da Silva Farias, o Belmiro Barbeiro (PP), que cumpre o terceiro mandato

O Gaeco cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa de Weshilen, que também teria sido indicado por um deputado estadual, teve o aparelho celular levado e recebeu a ordem de não comparecer à sede da circunscrição de trânsito. O MN tenta contato com o servidor da Ciretran.

Foto: Arquivo