Vereador comenta afastamento de assessor

Delegado Luiz Alves, do PL, ressalta que assessor é acusado por atos praticados antes de ser contratado para seu gabinete

O vereador Delegado Luiz Alves (PL), em entrevista no início da tarde, comentou a respeito de seu assessor de gabinete Paulo Henrique Machado, afastado do cargo por conta da Operação Money Poup, realizada nesta manhã pelo Gaeco/Ministério Público Estadual. Ele afirmou que as acusações que pesam contra seu ex-assessor têm relação à sua atuação na Ciretran de Sarandi, antes de passar a ser seu assessor.

Para o vereador, o fato apurado não tem qualquer relação com a atividade parlamentar, no início de 2023, mas é incompatível com a permanência do servidor, como decidiu a justiça. “Sob o meu comando eu posso falar que a assessoria vinha sendo exercida a contento”, disse ele.

Foto: Reprodução