humberto feltrin

Eleições 2016

Ex-prefeito de Marialva perde novo recurso no TRE-PR

Feltrin

Está na Seção de Acórdãos do Tribunal Regional Eleitoral a mais recente decisão do TRE-PR a respeito da candidatura do ex-prefeito Humberto Amaro Feltrin (DEM).
Ontem, por unanimidade de votos, a corte conheceu de recurso de Feltrin (embargos), e, no mérito, rejeitou-os com a correção, de ofício, de erro material, nos termos do voto do relato Ivo Faccenda. Foi a terceira derrota do ex-prefeito em sua tentativa de sair candidato neste pleito.Continue lendo ›

Eleições 2016

Juíza indefere registro de Feltrin

A juíza eleitoral Mylene Reis de Assis Fogagnoli, de Marialva, micro-região de Maringá, indeferiu hoje o registro da chapa majoritária composta pelo ex-prefeito Humberto Amaro Feltrin e Evandir Zucoli, da coligação Para Uma Marialva Melhor (DEM-PR), com base na Lei da Inelegibilidade.
Ela levou em conta que Feltrin tem três condenações colegiadas, em segundo grau, resultado de ações civis públicas ainda não transitadas em julgado. Continue lendo ›

Justiça

Marialva: sentença mantida

A 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná, em reexame necessário, manteve a decisão do juiz Fernando Andreoni Vasconcelos, de novembro de 2012, e considerou improcedente ação civil pública ajuizada pelo Ministério Pública contra Humberto Feltrin, ex-prefeito de Marialva. O TJ-PR negou provimento, considerando que não houve prejuízo ao erário nem improbidade administrativa na anulação e realização de licitação com aumento de valor máximo, com ausência de dolo ou culpa do ex-prefeito.

Blog

Dois ex-prefeitos de Marialva são condenados por improbidade

Humberto Feltrin e João Celso Martini
O juiz Fernando Andreoni Vasconcellos condenou, no final de maio, dois ex-prefeitos de Marialva por improbidade administrativa e suspendeu os direitos políticos de ambos por oito anos. As ações que resultaram nas condenações de Humberto Feltrin e João Celso Martini foram ajuizadas pelo Ministério Público Estadual. Feltrin foi acusado de diversas irregularidades e foi condenado a ressarcir o erario por realizar “financiamentos” a munícipes com dinheiro público, sabendo que os valores jamais seriam pagos, com correção e juros de mora a partir da data de desembolso. Ele terá ainda que devolver R$ 26.795,95 referentes a diferença entre os valores gastos com publicidade no primeiro semestre de 2004 e a metade do valor gasto no ano 2003, com a devida correção; e ainda terá que pagar multa civil de 50 vezes o valor do salário que recebia à época como prefeito, além da proibição de contratar com o poder público ou receber incentivos fiscais ou creditícios. Continue lendo ›

Eleições 2012

Ex-prefeito oficializa desistência

Em carta aberta dirigida ao povo marialvense, Humberto Feltrin (DEM), ex-prefeito de Marialva, confirmou a desistência de sua candidatura, após ter perdido recurso no TRE, conforme antecipou o blog. Na correspondência, com data de dois dias atrás, ele relata que seu único problema foi uma prestação de contas que teve sua entrega atrasada em 65 dias por descuido de alguns funcionários, “mas grandes projetos foram realizados e não existe nada que desabone minha conduta”. Feltrin pede perdão aos seus familiares “por deixá-los expostos e sofrendo comigo aos ataques de pessoas sem caráter e mal-intencionadas, perdão às companheiras e companheiros por dividir com eles o sonho de uma cidade melhor, perdão a população por ver a atual situação da administração pública e saber que está muito distante daquilo que o povo realmente deseja e merece e perdão por alimentar nas pessoas o sonho de uma vida melhor”. Na íntegra:Continue lendo ›

Eleições 2012

Impugnado, Feltrin desiste

Humberto Feltrin (DEM) teve o registro da candidatura a prefeito de Marialva indeferido ontem pelo TRE do Paraná. Foi uma confirmação da decisão de primeira instância do últim o dia 2, atendendo o Ministério Público Eleitoral, que apresentou impugnação alegando sua inelegibilidade por causa de contas rejeitadas quando foi prefeito daquela cidade. Feltrin poderia recorrer, como fez, por exemplo, o PP de Maringá. Mas ele reuniu-se com o grupo e decidiu sair fora da disputa.
Agora, o TRE deve julgar a impugnação da candidatura do também ex-prefeito João Celso Martini (PP), igualmente indeferida pela juíza Mylene Rey de Assis Fogagnoli. Confirmando-se seu indeferimento, permanecerá na disputa, sozinho, o atual prefeito Edgar Silvestre (PSB), que desta forma corre o risco de ganhar por WO.

Eleições 2012

Feltrin é confirmado candidato

Com a presença de mais de 300 pessoas o DEM de Marialva promoveu sua convenção no último sábado e confirmou o nome de Humberto Feltrin candidato a prefeito pelo DEM numa coligação que reúne seis partidos (DEM, PR, PMN, PPS, PSD e PSDB). Seu vice será Clodoaldo Garbugio e a coligação terá 50 candidatos a vereador.

Eleições 2012

Em Marialva, seis partidos apoiarão Feltrin

Partidos políticos definem coligação em Marialva
No próximo sábado, às 10h, na câmara municipal, DEM, PR, PMN, PPS, PSD e PSDB formalizarão aliança para apoiar o ex-prefeito Humberto Feltrin à Prefeitura de Marialva. “Este é um grande momento para todos nós, pois representa o verdadeiro espírito democrático de uma comunidade. Estou muito feliz com as demonstrações de apoio que tenho recebido e, como nas campanhas anteriores, vamos envolver toda a comunidade num grande projeto para recolocar Marialva no lugar que merece no cenário paranaense”, disse Feltrin.

Política

Marialva: Feltrin é lançado pré-candidato

O presidente estadual do Democratas, deputado Elio Rusch, lançou o ex-prefeito de Marialva Humberto Feltrin pré-candidato daquele Executivo nas eleições deste ano. Segundo nota divulgada netsa manhã à imprensa, Feltrin teria o apoio do governador Beto Richa, do chefe da Casa Civil Durval Amaral, do chefe da Casa Militar Adilson Castilho Casitas, dos deputados federais Odilio Balbinotti (PMDB) e Luiz Nishimori (PSDB), do deputado estadual Evandro Jr. (PSDB), entre outros.