maconha

Geral

Vapt-vupt

Vapt – Caminhão com placa de Maringá levava cinco toneladas de maconha sob carga de milho
Vupt – Citado em três escândalos, presidente do TCE não tem mais “foro natural” no STJ

Geral

Pode isso?

“Pode isso, Arnaldo?”, pergunta leitor sobre um site de classificados gratuitos de Maringá com pelo menos doze anúncios vendendo maconha. O anunciante tem um blog.

Geral

Droga no milho

Daqui a pouco a Polícia Federal de Maringá fará o transbordo da carga de milho encontrada numa carreta que estava estacionada no pátio de um posto de combustíveis. Com apoio do o Canil do Choque do 4º Batalhão de Polícia Militar, a PF encontrou 26 tabletes de maconha na abordagem, mas desconfia que o volume de drogas pode chegar a uma tonelada.

Geral

Droga vinha para Maringá

apreensão

A equipe Rotam da Polícia Rodoviária (soldados Adriano José e Paulo Cesar) apreendeu no km 323 da PR-323 (trevo de Perobal) 18,4 kg de maconha, acondicionada em 25 tabletes. A droga estava em duas bolsas, com um adolescente de 17 anos de idade. A maconha, que foi adquirida em Paranhos (MS), em troca de uma motocicleta, seria levada para Maringá.

Geral

Denarc apreende mais de 1 tonelada de maconha

Na noite da última quarta-feira, em Itaquiraí (MS), uma operação realizada pelos núcleos da Denarc de Maringá e Foz do Iguaçu, com apoio da Polícia Civil de Eldorado (MS) e do Departamento de Operações de Fronteira, resultou na apreensão de 891 quilos de maconha, um caminhão Mercedes-Benz e na prisão do motorista.
A operação foi realizada após cerca de três meses de investigações, pela Divisão Estadual de Narcóticos de Maringá. Dias atrás foram apreendidos 169 quilos de maconha com integrantes da mesma organização criminosa.Continue lendo ›

Texto

Quarenta anos de maconha

Do blog Cabeça de Pedra:

Depois de quarenta anos de uso, a maconha lesa. Um fio de baba escorrendo no canto da boca pode ser um sinal. A fala arrastada, em ritmo de câmera lenta, outro. Ele estava com as duas características, além do fato de não achar que aquilo era vício. É da natureza, não faz mal, repetia enquanto enrolava mais um. Sua performance em números de cigarros fumados por dia estacionou nos trinta. Continue lendo ›

Geral

PRE apreende 444 quilos de maconha

Quase meia tonelada de maconha foi apreendida na manhã deste domingo por policiais do posto de Iguaraçu da Polícia Rodoviária Estadual, micro-região de Maringá. De acordo com a PRE, num Peugeot 408 branco, placa de Cambé, levava 589 tabletes de maconha, totalizando 444 quilos. O veículo não obedeceu ordem para parar no posto da PRE e empreendeu fuga, sendo abandonado perto de Munhoz de Mello.

Geral

Maconha que saiu de Maringá abasteceria Favela da Rocinha

Presos por tráfico RJ
Policiais federais do Rio prenderam, no início da tarde de ontem, na Rodoviária Novo Rio, dois homens com cerca de 15 quilos de maconha. A droga estava escondida na bagagem de Guilherme Mesquita Lopes, de 21 anos, dividida em 18 tabletes. O material seria entregue a Anderson Deodato da Silva, o Dickmann, que aguardava Guilherme no setor de desembarque. Eles são moradores da Favela da Rocinha. O ônibus partiu de Maringá, no Paraná. A PF informou que a maconha iria abastecer a Rocinha, comunidade já pacificada na Zona Sul do Rio, informou Antônio Werneck, em O Globo. Leia mais.

Geral

Preso em julho obtém habeas corpus

O desembargador Miguel Pessoa, da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná, concedeu habeas corpus a um dos irmãos presos em julho passado no Parque Laranjeiras, em Maringá, por cultivo de maconha em estufa e por esconder drogas e armas em casa. A liminar, concedida no último dia 8 a Luis Henrique Pacheco, substitui a prisão preventiva por medidas cautelares, como o comparecimento periódico em juízo, a proibição de se ausentar da comarca de sua residência sem prévia autorização do juízo e o recolhimento domiciliar no período noturno e nos dias de folga de seu trabalho. Em 5 de julho passado, ele foi visitar o irmão Leo Luiz, portador de esquizofrenia, que se encontrava em surto psicótico. A polícia foi chamada para dar apoio ao atendimento realizado pelo Samu quando se descobriu na casa a existência de vários pés de maconha, 550 gramas de haxixe e 3,6 quilos de maconha, além de um revólver calibre 38 e outro 22. Estudante de Economia da UEM, ele afirmou que nunca residiu no imóvel em que ocorreu a apreensão das drogas e que estava lá apenas em decorrência do tratamento de seu irmão.

Má-ringá

Usuários de maconha e a gente de bem

Do leitor: “É com pesar que vejo a atual situação de nossos jovens maringaenses. A praça da Catedral, o principal cartão postal da cidade, que sempre por mim foi visto como um lugar de reunião familiar e encontro de casais, tornou-se um lugar insuportável de se estar no fim de semana. Quero acreditar que não são todos os dias. Mas confesso que fiquei horrorizado ontem à noite. Pra piorar, o cheiro desagradável de maconha por todos os lados. E não era só na praça da Catedral, não. Em outros pontos abertos da cidade também. E onde há usuários de maconha “curtindo um barato na dele” tem traficantes oferecendo. E esses sim são perigosos. Dividem espaço com gente de bem. O jeito foi terminar a noite de domingo num shopping. Sem contar que não se vê polícia em lugar nenhum. Tudo bem que Maringá ainda, perto de outras cidades, inclusive da de onde vim, ainda pode se considerar um paraíso. Mas quando essa bolha estourar e tudo ficar sem controle, não terá mais jeito. É lastimável. E mais ainda, saber que essa molecada de mente fraca está submissa a tudo isso.’

Geral

Carro de Maringá levava 700 kg de maconha

SegundoLaura Holsback, do Midiamax, um Gol com placa de Maringá foi abandonado ontem à noite com 715 quilos de maconha na MS-289, entre Amabai e Coronel Sapucaia, no mato Grosso do Sul. A droga foi encontrada após denúncia de que no local estava parado um carro, de cor branca, com conteúdo suspeito. O carregamento estava no porta-malas e no banco traseiro distribuído em 24 fardos repletos de tabletes. O veículo e a droga foram apreendidos e levados à Delegacia de Polícia Civil, que investiga o fato.